• (31) 3057-9300
  • (31) 98315-3579
  • ouvidoria@nucleomg.com.br

Cuidados com os olhos durante o trabalho

No dia 1º de maio é comemorado o dia do trabalhador. Independente do tipo de trabalho realizado, os cuidados com os olhos são importantes para que suas atividades diárias não comprometam sua saúde.

Pensando nisso, listamos algumas informações importantes sobre riscos que diferentes tipos de trabalhos podem causar aos olhos e cuidados para evitar que algum dano possa comprometer sua visão.

Computador e Olho Seco

Depois da popularização dos computadores, inúmeros profissionais passaram a tê-lo como ferramenta de trabalho e, consequentemente, a utilizá-lo por períodos prolongados. Essa condição, associada ao tempo seco e a ambientes com ar condicionado, propiciam uma maior perda da lágrima por evaporação e causam a Síndrome do Olho Seco.

Ela acontece porque a concentração no computador reduz a frequência do piscamento, o que faz com que o filme lacrimal deixe de ser suficiente para manter o olho lubrificado. Geralmente causa apenas desconforto, mas pode afetar a visão e aumenta o risco de contrair infecções oculares que podem se tornar graves.

Piscar os olhos e intercalar momentos de descanso durante sua rotina no computador são práticas importantes para evitar problemas. Caso eles já existam e se tornem incômodos permanentes, procure um oftalmologista.

Uso de solda elétrica e fototoxicidade

Essa é uma questão importante para quem trabalha em indústria ou utiliza a solda elétrica em suas atividades. Lidar com solda exige cuidado, já que os olhos ficam expostos a luz produzida pelo processo por muito tempo. O uso de óculos de proteção é obrigatório e crucial para evitar uma queimadura.

Cabe ressaltar que, caso a pessoa sofra uma queimadura nos olhos por luz, seus sintomas não são sentidos instantaneamente. Podem vir em até 12 horas após a exposição, com muito desconforto, extrema sensibilidade à luz, dor intensa, lacrimejamento e vermelhidão.

Caso seja necessário socorrer alguém que sofreu esse tipo de queimadura, o correto é encaminhá-la imediatamente a um oftalmologista. A auto-medicação pode agravar ainda mais as lesões causadas nas queimaduras por solda.

Corpos estranhos nos trabalhos com ferramentas de alta rotação

O trabalho com brocas, esmeril, lixadeiras e ferramentas de alta rotação em geral, traz consigo o risco de corpos estranhos afetarem os olhos da pessoa que os manuseia. A gravidade da lesão depende da velocidade com que o corpo estranho entra em contato com os olhos, de onde ele atinge e o tipo de qual é o tipo elemento – farpas, galhos, estilhaços, pregos, etc.

Este tipo de acidentes pode causar desde uma irritação até uma lesão ocular permanente. Por isso, esses tipos de ferramentas devem ser utilizada apenas por pessoas devidamente treinadas e munidas de equipamentos de segurança.

No caso de acidentes, não se deve em hipótese alguma tentar retirar o corpo estranho sozinho. Isso deve ser feito por um médico oftalmologista especializado.

Contato com produtos químicos

Se você trabalha em serviços que tenham algum contato com produtos químicos, vale tomar muito cuidado para evitares queimaduras oculares. Elas podem acontecer quando um produto entre em contato direto com os olhos (como o cloro de piscinas, colas, tintas e produtos de limpeza), ou por vapores gerados por eles.

As queimaduras químicas causam muita dor e podem comprometer seriamente os tecidos oculares. Por isso, requerem atendimento médico imediato. Logo após o acidente é necessário lavar os olhos com água corrente por, pelo menos por 20 minutos. Feito isso a vítima deve ser levada ao oftalmologista, se possível, com o nome da substância que atingiu o olho.

Trabalhadores do lar

Os riscos não estão apenas em escritórios, usinas e fábricas. Para donas de casa e trabalhadores do lar também existem cuidados importantes para evitar problemas nos olhos.

A panela, quando no fogão, deve ficar tampada e com o cabo virado para dentro. Os produtos de limpeza devem ser mantidos fora do alcance das crianças e manuseados com cuidado, evitando levar as mãos aos olhos depois de usá-los. Até as plantas pontiagudas e espinhosas também representam perigo aos olhos.

Esses foram só alguns casos de situações em que o trabalho pode oferecer risco a sua visão. Para todos os casos, o cuidado e a precaução são as melhores opções. Caso o pior não possa ser evitado, procure atendimento médico especializado.