• (31) 3057-9300
  • (31) 98315-3579
  • ouvidoria@nucleomg.com.br

Você sabe o que um farmacêutico de uma clínica oftalmológica faz?

O farmacêutico é um profissional essencial para qualquer centro médico. Não é diferente na oftalmologia. Mas nem todo mundo sabe quais funções ele exerce numa clínica oftalmológica e como sua atuação impacta em várias áreas dentro dela.

Por isso, nós preparamos um material explicando para você.


– Padronização: os medicamentos são padronizados com base na toxicidade e dosagem compatível com o nosso público alvo, visando sua eficácia e uso racional. Assim, evitamos possíveis danos à saúde do nosso paciente;

– Auditoria farmacêutica nos setores: Realizada no bloco cirúrgico, área de exames e nos consultórios, avalia a validade dos colírios, sua rastreabilidade, se estão devidamente fechados, se sua instilação está sendo feita de forma correta e se o transporte é feito adequadamente. Tudo para garantir a qualidade e eficácia do produto;

– Avaliação das prescrições médicas: para que elas contenham todas as informações do paciente e do tratamento, sempre de forma legível;

Dupla verificação: Realizada nos itens dispensados para que não haja erros de dispensação;

– Classificação dos medicamentos por cores: procedimento realizado para alertar sobre quais são os medicamentos potencialmente perigosos, quais são de pronúncia similar à outro presente na farmácia e quais estão próximos ao vencimento;

– Farmácia clínica: Realizada em todos os pacientes diabéticos que são enquadrados como grupo de risco. Neste atendimento colhemos informações relevantes para a cirurgia e adicionamos estes dados no prontuário do paciente para acompanhamento do mesmo.

Por isso valorizamos muito o trabalho de todos os farmacêuticos, que tem o dia 20 de janeiro como data especialmente destacada para sua homenagem.

Acompanhe mais de nossos conteúdos em nossa fanpage e no Instagram.