• (31) 3057-9300
  • (31) 98315-3579
  • ouvidoria@nucleomg.com.br

Prevenção ao glaucoma é foco da 2ª edição do Um Olhar Preventivo

O projeto “Um Olhar Preventivo” chega à segunda edição no próximo dia 16 de março, na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, com foco nos cuidados para evitar o glaucoma. Promovido pelo Núcleo de Oftalmologia Especializada, o evento tem o objetivo de fazer um alerta à população, especialmente às pessoas com casos suspeitos ou portadoras de glaucoma, e também àquelas sob risco, para realizar exames regulares nos olhos e no nervo óptico para detectar a doença precocemente, evitando perda parcial ou total da visão. As atividades são gratuitas e vão ocorrer das 8h às 11h30. As inscrições para a caminhada devem ser feitas na página do evento. Já as senhas para os exames de triagem são limitadas e devem ser retiradas no início do evento.

O glaucoma é uma doença ocular silenciosa que causa dano progressivo ao nervo óptico a ponto de prejudicar ou interromper o fluxo de informações visuais enviadas ao cérebro, resultando em perda do campo visual. Essa é a principal causa de cegueira irreversível no mundo, com mais de 20 mil casos anuais. A estimativa de órgãos internacionais é que, em 2020, serão 80 milhões de portadores da doença no mundo. No Brasil, estima-se que existam cerca de 2 milhões de portadores de glaucoma.

“A maioria dos tipos de glaucoma progride em suas fases precoces sem nenhum sintoma ou qualquer sinal de alerta para o paciente. A perda de campo de visão é inicialmente periférica – a pessoa enxerga nitidamente os objetos que estão à sua frente, porém não vê o que está nas laterais –, podendo progredir para perda total da visão se não diagnosticada e tratada adequadamente. Vale ressaltar que uma vez ocorrido, o dano visual é irreversível, o que leva o glaucoma a ser descrito como a ‘doença silenciosa da cegueira'”, afirma o doutor Alberto Diniz Filho, diretor do Núcleo de Oftalmologia Especializada.

O projeto, que tem apoio da Sociedade Brasileira de Glaucoma, faz parte do calendário oficial da Semana Mundial do Glaucoma, uma série de atividades desenvolvidas de 10 a 16 de março, promovida pela Associação Mundial do Glaucoma, envolvendo oftalmologistas e outros profissionais de saúde ocular em hospitais, universidades, clínicas e consultórios de todo o mundo.

Confira todos os eventos que integram a Semana Mundial do Glaucoma

TIPOS DE GLAUCOMA

Existem vários tipos de glaucoma. Alguns podem ocorrer como uma complicação de outras doenças oculares, traumas ou uso de esteroides (os chamados Glaucomas Secundários), mas a grande maioria é “primária”, ou seja, ocorre sem uma causa conhecida. Os tipos mais comuns são o Glaucoma Primário de Ângulo Aberto (GPAA) e o Glaucoma Primário de Ângulo Fechado (GPAF). Algumas formas de glaucoma, mais raras, podem ocorrer ao nascimento (Glaucoma Congênito Primário) ou durante a infância.

Segundo o doutor Alberto Diniz Filho, a pressão intraocular (PIO) ainda é considerada o fator de risco mais importante para o glaucoma, e também o único modificável, por isso os exames preventivos são tão importantes para o diagnóstico dessa doença.

“Indivíduos com PIO superior a 21 mmHg são considerados hipertensos oculares e, portanto, com maior risco de desenvolver glaucoma. Na maioria dos casos, a doença aparece após a 4ª década de vida e sua frequência aumenta com a idade. O histórico familiar é também um fator de risco. Os parentes de primeiro grau de pessoas com glaucoma têm dez vezes maior risco de desenvolver a doença ao longo da vida. As características étnicas e raciais também são consideradas fatores de risco, pois a prevalência de GPAA é maior em pessoas de ascendência africana, e de GPAF em pessoas de ascendência asiática”, afirma o médico.

Há dois anos, o caminhoneiro Aquiles Cândido ficou surpreso com o diagnóstico de glaucoma. A doença ameaçava impedi-lo de trabalhar. “Fui fazer uma consulta de rotina, o médico percebeu que a minha pressão do olho estava alta e me encaminhou para o Núcleo. Descobri que meu olho esquerdo já estava começando a ficar comprometido, e foi necessária uma cirurgia. Faço o controle com colírios desde então, o que estabilizou a minha visão. Graças a Deus pude continuar a trabalhar”, relata, aliviado.

Para saber mais sobre o glaucoma, acesse nossa página com detalhes sobre a doença.

ATIVIDADES GRATUITAS

O evento “Um Olhar Preventivo” será uma manhã de atividades ao ar livre na Praça da Liberdade onde as pessoas poderão se informar sobre o glaucoma. Para garantir acesso aos exames de triagem oferecidos, o interessado deve retirar a senha de atendimento a partir das 8h, no local do evento.

Além dos exames de triagem, haverá ainda medições da pressão arterial, medição de glicemia, cálculo de Índice de Massa Corporal (IMC) e a presença de profissionais de saúde para dar orientações sobre como manter-se saudável.

Os participantes da caminhada deverão retirar os kits a partir das 8h da manhã, também no local do evento. O percurso está programado para ser iniciado às 9h.